Sem categoria

A OAB ruma para a política como nunca antes

Durante o IX Fórum Jurídico de Lisboa, Felipe Santa Cruz cravou no ferro e na ferradura ao afirmar que o exercício do sufrágio só cabe a quem está em dia com a anuidade. De repente, a OAB virou um clube social que exige carteirinha para o acesso ao baile.

O presidente do Conselho Federal da OAB foi a Portugal para expressar sua opinião sobre o direito a voto dos inadimplentes nas eleições da Ordem. Durante o IX Fórum Jurídico de Lisboa, Felipe Santa Cruz cravou no ferro e na ferradura ao afirmar que o exercício do sufrágio só cabe a quem está em dia com a anuidade.  De repente, a OAB virou um clube social que exige carteirinha para o acesso ao baile. Em 2020, o STF já havia derrubado regra da OAB que suspendia a inscrição de advogados que não estavam em dia com seu carnê. O Supremo pôs abaixo a decisão porque evidentemente inconstitucional. Não só. Tinha também feição autoritária. Santa Cruz diz que segue a maioria, mas que faz parte de grupo minoritário que entende que  o direito a voto deve transpor a questão financeira. Conversa. Às vésperas das eleições nas seccionais da OAB, ele tem batido na tecla da inadimplência. Falou em Portugal e, se preciso, falará na China.

Muito à vontade

Em maio deste ano, Santa Cruz não ficou desconfortável com o discurso do prefeito do Rio, Eduardo Paes, que em cerimônia de filiação ao PSD, anunciou a candidatura do presidente da OAB ao governo do estado? “Vocês ainda têm dúvida que ele é candidato?”

Badalado
E completou: “Por mim, ele renunciava agora [à presidência da OAB] e começava a campanha”. Santa Cruz irá se filiar ao PSD tão logo deixe o cargo em fevereiro do ano que vem.

Meu povo

Seguindo o estilo irretocavelmente populista ele anuncia que pretende ser o “advogado” da população do Rio.

Um pé aqui…

As pretensões de Santa Cruz coincidem com as de outras personagens que tem transitado da Justiça à política como elas se elas estivessem intimamente relacionadas. Não estão.

…outro lá

Na semana passada, Sergio Moro, o ex-juiz da Lava Jato anunciou sua filiação ao Podemos, acenando com a possibilidade de disputar a presidência da República. Junto com ele, Deltan Dalagnol, outro ícone da Lava Jato, que deixou o Ministério Público para disputar uma cadeira de deputado federal pelo mesmo partido.

Campo minado
Misturar os dois mundos não é propriamente uma novidade. Mas é sempre um terreno perigoso.

A favorita

Três chapas disputam a presidência da OAB Paraná no próximo dia 25. A XI de Agosto, da situação, é liderada por Marilena Winter, atual vice-presidente da seccional. Ela é a primeira mulher a disputar o cargo.

Coluna publicada no Diário Indústria & Comércio em 19 de novembro de 2021.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também: