Notícias

“País precisa de governo e não de desgoverno”, diz presidente da OAB Paraná

Cassio Telles relembrou que a entidade tem compromissos históricos de lutas pela democracia e repudia ato pró-golpe.

O presidente da OAB Paraná, Cássio Telles, reputou como inadequadas, inoportunas e preocupantes as manifestações do Presidente da República no dia 19 de abril, em frente ao Quartel General do Exército, em Brasília, discursando para um grupo de manifestantes que pedia a volta do AI-5, o fechamento do Congresso e do Poder Judiciário. Cássio Telles relembrou que a OAB Paraná tem compromissos históricos de lutas pela democracia, destacando novamente a Conferência Nacional de 1978, sob o comando de Eduardo Virmond e afirmou que a democracia precisa do funcionamento harmônico dos três poderes e respeito às instituições. “O voto direto colocou os representantes do Executivo e Legislativo nas suas funções, por isso eles devem respeito às expectativas nacionais em momento tão delicado, cabendo demonstrar maturidade, entendimento e harmonia em suas ações. A população não quer palanque político, quer gestão, o debate partidário deve sair de cena”, declarou.

“Todos os presidentes da seccional paranaense da OAB foram ferrenhos defensores da democracia. Invoco essa tradição para reafirmar que ela prossegue na atual gestão. Não apenas os dirigentes da OAB, mas também os advogados, quando proferem o compromisso profissional juram, dentre outras coisas, defender a democracia. Por isso, é dever da advocacia repelir atos que busquem desestabilizar esse regime de governo.”

Telles lembrou também o papel fundamental que os chefes dos Poderes Executivos mundiais estão exercendo nesse momento. “Desde o princípio da crise dissemos que o povo espera das autoridades segurança e responsabilidade. É uma crise que causa medo, por colocar em risco a vida das pessoas, através de um inimigo invisível. Mas é uma crise que pode ser vencida com união, com planejamento e clareza de orientações. Desencontros e divergências são o que menos precisamos nessa hora. E jamais toleraremos que na fragilidade desse momento, haja o aproveitamento para criar mais divisão, para desestabilizar o sistema democrático”, pontuou Telles.

PUBLICADO NO SITE https://www.oabpr.org.br

FOTO DIVULGAÇÃO OAB PR.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também: