Entrevistas

Ana Carolina Clève: “O direito eleitoral não fala em nome do cliente”

Eleito ou não, o candidato que não comprovar seus gastos pode responder por improbidade administrativa e ter seus direito políticos suspensos, diz a advogada.

FOTO DIVULGAÇÃO.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também:

A universidade pública errou

Professores que resistiram ao ensino remoto nos primeiros meses da pandemia agora se dizem contrários ao retorno das aulas presenciais. Biruta de aeroporto é mais lúcida.

A crença em lobisomens

Prestes a confirmar o diagnóstico do ministro do STF, Marco Aurélio Mello, de que seria natirmorto, o inquérito das fake news completa o prazo de investigação sem notícias à vista. O jurista René Ariel Dotti diz que só o STF poderia conceber inquérito tão descabido. Por isso ele “acredita em lobisomens”