Entrevistas

Ana Carolina Clève: “O direito eleitoral não fala em nome do cliente”

Eleito ou não, o candidato que não comprovar seus gastos pode responder por improbidade administrativa e ter seus direito políticos suspensos, diz a advogada.

FOTO DIVULGAÇÃO.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também:

Dura vida de advogado

A mesma Folha de S. Paulo que anunciou, equivocadamente, a morte da monarca da Inglaterra, na manhã de segunda-feira – “Rainha Elizabeth