Entrevistas

Ana Carolina Clève: “O direito eleitoral não fala em nome do cliente”

Eleito ou não, o candidato que não comprovar seus gastos pode responder por improbidade administrativa e ter seus direito políticos suspensos, diz a advogada.

FOTO DIVULGAÇÃO.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também:

“1808”: mau livro

Todo historiador é livres nos seus juízos. Laurentino Gomes, porém, ao narrar a vinda da família real ao Brasil, enfatizou somente o negativismo e a lusofobia.

Em defesa dos doutores

Josemar Perussolo defende médicos há quase duas décadas, mas já foi um aprendiz no escritório de Hildegard Giostri, especialista e referência na área.
>>> Série Profissionais do Direito (2)