Notícias

Câmara de arbitragem organiza webinar sobre Convenção de Singapura

Evento online acontece na próxima segunda-feira (16) e contará com a participação de especialistas do mercado para debater o tema

A CAMES (Câmara de Mediação e Arbitragem Especializada) é uma das empresas que está organizando o webinar gratuito “Convenção de Singapura e seus reflexos econômicos e negociais”, que será realizado na próxima segunda-feira (16), das 17h às 18h, via Zoom. As profissionais especialistas escolhidas para debater o assunto são Carla Araújo, advogada e membro da SAL (Singapore Academy of Law), Grasielle Mello, instrutora em mediação privada e judicial, e Maria Antonieta Prado, diretora administrativa da CAMES.

A Convenção de Mediação em Singapura, da qual o Brasil é signatário desde junho desse ano, veio para estabelecer a possibilidade de os conflitos decorrentes dos contratos internacionais poderem ser resolvidos por mediação.  Com isso, os países que assinaram esse acordo podem executar seus contratos nos países que também fazem parte da Convenção e que prevêem a mediação na sua legislação. Assim, o ambiente de negócios, nacional e internacional, fica mais ágil e os problemas são resolvidos em um tempo menor, gerando menos custo, por exemplo. 

Durante o encontro serão discutidos os aspectos de facilitação das relações comerciais e negociais. O evento será online, aberto ao público e as inscrições são gratuitas. Para mais informações clique aqui.

Sobre a CAMES

Fundada em 2016, a CAMES é uma empresa focada em mediação e arbitragem e nasceu com o objetivo de solucionar conflitos jurídicos com mais agilidade por meio de um sistema próprio de processo eletrônico, que permite a atuação em diferentes regiões do Brasil. Com unidades espalhadas em nove cidades brasileiras e centenas de profissionais qualificados, a CAMES ajuda pessoas jurídicas e físicas por meio de serviços como a mediação, na qual um terceiro membro neutro e imparcial facilita a comunicação entre os envolvidos – e arbitragem, em que os envolvidos transferem a solução do caso para um profissional especializado. A empresa também participa e organiza eventos, como o Competição Nacional de Mediação e Arbitragem, com o objetivo de promover mais conhecimento sobre o setor.

compartilhe

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email

Leia também:

Dura vida de advogado

A mesma Folha de S. Paulo que anunciou, equivocadamente, a morte da monarca da Inglaterra, na manhã de segunda-feira – “Rainha Elizabeth